jusbrasil.com.br
8 de Maio de 2021
    Adicione tópicos

    Carrefour e Lenovo processados por venda falsa e notebook ruim e com defeito

    Js Marcelo Santos, Jornalista
    Publicado por Js Marcelo Santos
    há 2 anos

    AO JUÍZO DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA COMARCA DE

    BELO HORIZONTE – MINAS GERAIS.


    MARCELO DOS SANTOS, divorciado, jornalista, CPF 94859655834

    identidade MG-10583673, com endereço certo e domicilio na Rua Além

    Paraíba, 215 – Lagoinha – Belo Horizonte – MG – CEP31210120, telefone

    3144415159 e 991807487, com e-mail maza076.marcelo@gmail.com,

    do CNPJ "45.543.915/0159-60".

    Número de inscrição do CNPJ

    45.543.915/0159-60 - FILIAL Vem em juízo, requerer contra as empresas: CARREFOUR COMERCIO E INDUSTRIA LTDA- do CNPJ "45.543.915/0159-60". - CNPJ - 45.543.915/0159-60 - FILIAL e LENOVO Tecnologia (brasil) Limitada - Cnpj: 07.275.920/0001-61

    NARRATIVA DOS FATOS OCORRIDOS NA COMPRA E SOBRE APARELHO NOTEBOOK

    Através da NFS PDD 03662 da empresa Carrefour - boulevar - Belo Horizonte - Minas Gerais, av. dos Andradas, 3000 - CNPJ - 45.543.915/0477-30, veio a adquirir o ora Autor: Marcelo dos Santos, aparelho Notebook LENOVO S145 I58 GB 1TB 15 6P W10 PTA. A NFS supracitada está em nome de Helena Maria Silva Albino, que transferiu em NFs, para o ora autor. Estando no ato da compra o seu advogado e esposo de Helena: Dr. Antonio Pereira Albino, advogado, ambos testemunhas e "promotores da compra".

    Ocorre que no dia o vendedor do Carrefour para realizar a compra e instruído de informações da área em que trabalha informou sobre o aparelho supracitado LENOVO e que havia SSD, programa que, atualmente, acelera e faz com que o aparelho fique mais rápido. Nos aparelhos novos esse programa já vem. Este vendedor BRSHE111, informou que havia já instalado no aparelho e que seria motivo de economia de técnico de compra de placa.

    Por isso, decidimos de comprar o aparelho e foi feito em 10 parcelas iguais em Cartão de Crédito de sra. Helena.

    O aparelho foi retirado no ato e levado por Marcelo dos Santos que de imediato começou a usá-lo para seu trabalho em comunicação: Editoração de sites, livros, revista e outros afazeres em comunicação social.

    Ocorre em 03 de novembro de 2019, o aparelho parou, completamente. A tela ficou em DOS ou preta. Chamei técnico o qual laudo em 05 de novembro de 2019, conforme documento anexo ao processo, assinado pelo técnico: Ezequiel Félix da Silva, onde aconselhava não abrir e fazer qualquer coisa no aparelho devido a garantia.

    Havia ido no Carrefour e pedido providências e este me enviou para a Assistência Técnica da LENOVO arrumar o aparelho, lá não era Lenovo e sim Motorola, essa empresa recém comprou a Lenovo. Não consegui êxito.

    Frustrado tentei ligar para telefone, até que consegui fazer interurbano para São Paulo e contatei o serviço de atendimento da Lenovo. Depois de realizar testes onde o equipamento não abriu a tela. Enviaram email e Reembolso Postal para enviar o aparelho e autorizaram contratar Técnico para fazer backup, por isso que contratei o técnico acima e ele não quis fazer isso devido a experiência anteriores onde o cliente perdeu a garantia e teve que ir para justiça.

    Em resumo, o aparelho foi para o conserto e voltou em 04/12/.2019, permaneceu lá por 10 dias e voltou abrindo e no primeiro dia voltou a dar problema e depois melhorou. Contatei o técnico e ele disse para observar.

    Ocorre que na primeira vez perdi todo o arquivo da revista Jornal de Saúde 03 e vários outros arquivos e ainda fiquei 10 dias parados. Optei por trabalhar assim mesmo e no dia 29/12/2019 fechei a revista de 39 páginas eram 66 páginas, mas não consegui, o aparelho e a perda do material anterior me deixou esgotado e sem poder trabalhar, pois o defeito começou a apresentar em todo os instante.

    Desta vez, não apagou geral e sim pede Drive de Placa de Vídeo, baixei duas vezes, uma particular e outra com atendente da Lenovo.

    Desta feita, como continuou do mesmo jeito, pediram novamente para enviar o aparelho. O que concordei, somente depois de esclarecer que o aparelho não tinha SSD, o que foi esclarecido como não.

    Portanto, meu primeiro pedido é contra o Carrefour, onde há ônus da prova, devido ter comprado aparelho, na frente de duas testemunhas que participaram da compra e terem me entregado outro e sem SSD ao valor de R$ 2.680,00 (dois seiscentos e oitenta reais). Pleiteio a devolução do aparelho, o dinheiro ou a troca do aparelho por outro com SSD, conforme explanado pelo vendedor acima identificado. Se não tiver condição que troque o aparelho ou devolva o dinheiro pago ao Carrefour à vista.

    O segundo pedido, é contra a LENOVO, é a segunda vez que o aparelho apresenta os mesmos defeitos. Não conseguiram arrumar o aparelho em uso e comprado conforme NFs. A empresa informa no Carrefour que sua Assistência Técnica é na Av. Amazonas, 100 e este passa para os clientes. Ocorre que é em São Paulo, na cidade Guarapuava - SP. bem distante da av. Amazonas, 100 em Belo Horizonte/MG.

    Com o envio serão mais de 20 dias que fico parado. Sugeri que trocassem o aparelho e que pelo prejuízo de perda de arquivos me mandassem com SSD e enviei até mesmo Carta ao Depto. JUrídico da empresa, o qual sequer respondeu por cortesia, portanto tentei a CONCILIAÇÃO e a reparação por parte da empresa do prejuízo e infortúnio pelo aparelho apresentar defeito e a Assistância Técnica ser em São Paulo.

    O aparelho tem Garantia por 12 meses. Como o aparelho não é o que comprei e apresenta defeitos, acredito que esse aparelho seja de mostruário, devido o vendedor demorar muito para nos entrregar oa aparelho. Tipo sucata mesmo. Os defeitos surpreendem até os Atendentes da LENOVO, que se solidarizam com o grave problema.

    Mediante essa segunda vez, solicito a devolução do aparelho e a devolução do dinheiro ou aparelho novo e com SSD, o qual tenho condições testemunhais de comprovar que fizemos a compra devido o técnico do Dr. Antonio, o senhor Júnior ter recomendado a compra de aparelho com placa de SSD, o qual ia comprar para instalar no computados do dr. Antonio. Mais uma prova de que o relato é fidedigno e real.

    Por último, pleiteio, PERDAS E DANOS MORAIS, devido a perda de todos os arquivos, pela Assistência Técnica Lenovo não existir em Belo Horizonte/MG e acarretar prejuízo de mais de 20 dias pelos defeitos que o aparelho novo, apresentou e que foi para o conserto e voltou, praticamente com o mesmo defeito, até mesmo pior, pois funciona e para.

    Conforme Carta Reclamação, em anexo, o autor sentiu-se HUMILHADO NO CARREFOUR ao procurar a troca do aparelho, como ainda, se sentiu humilhado pela segunda vez, ter que trabalhar na marra e até diuturnamente para concluir seu trabalho, paralisado pelo defeito e pelo envio para conserto em cidade tão distante de Belo Horizonte e o aparelho voltar da mesma forma.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)